CDB e CDI: Entenda a Diferença e Como Funcionam - Novo Post

CDB e CDI: Entenda a Diferença e Como Funcionam

CDB e CDI, essas são duas siglas do mundo do investimento que andam lado a lado e podem acabar sendo facilmente confundidas devido à sua proximidade. A grande questão é que as duas não são a mesma coisa e possuem diferenças significativas, então, se você possui interesse na área de investimento, é essencial aprender esses conceitos, pois você vai se deparar bastante com as siglas nos aplicativos financeiros, nos noticiários e em diversos lugares, porém, nem sempre terá a explicação acompanhando.

Neste artigo, vamos explicar de maneira simplificada os conceitos CDB e CDI, trazer a diferença, a relação entre eles e explicar como funcionam. Dessa maneira, você pode se familiarizar com um dos termos mais frequentes no universo dos investimentos e avançar na sua jornada em busca de mais conhecimento sobre educação financeira. Antes de começar, vamos apenas destacar que um investimento de renda fixa é um investimento que apresenta o valor do rendimento logo no início, então você pode prever o seu ganho e o prazo.

O que é o CDB?

Realizar um investimento de renda fixa é uma forma considerada segura de investir, pois confere mais previsibilidade, já que é possível prever a rentabilidade antes mesmo de iniciar o investimento. De maneira simples, esse investimento é uma forma de você emprestar dinheiro para bancos, instituições financeiras ou até mesmo para o governo, eles podem utilizar esse recurso para prosseguir com seus projetos, e você receberá o seu dinheiro de volta com uma taxa de juros. Então pode ser uma opção atrativa para quem deseja ter rendimentos e ainda contar com a segurança desse processo.

O Certificado de Depósito Bancário (CDB) é um investimento de renda fixa, no qual a pessoa faz um empréstimo para o banco e recebe o valor acrescido com os juros. Essa é uma maneira dos bancos conseguirem recursos para financiar suas atividades e manter o seu funcionamento, e também uma forma das pessoas conseguiram fazer o seu dinheiro render de maneira segura, pois o CDB tem a proteção do Fundo Garantidor de Crédito (FGC). Isso garante que o seu dinheiro seja pago mesmo que o banco apresente problemas. Essa é uma aplicação que apresenta a possibilidade de retirar o dinheiro a qualquer momento e é de baixo risco.

Existem três tipos de CDB, o prefixado, pós-fixado e híbrido. No prefixado, o rendimento já está definido logo no momento da aplicação, então não sofre nenhuma interferência de algum índice, pois a taxa de juros já está definida. O pós-fixado é bastante comum e acompanha a variação do CDI, pagando uma porcentagem do índice, e pode aparecer da seguinte forma: “100% do CDI”. No híbrido, o rendimento possui relação com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e com uma taxa prefixada.

O que é CDI?

O Certificado de Depósito Interbancário (CDI) é um título que os bancos emitem ao realizar empréstimos diários entre si com a intenção de garantir seu caixa positivo. De acordo com regras do Sistema Financeiro Nacional, os bancos precisam ter saldo positivo ao fim do dia, e é nesse sentido que o CDI é bastante útil para equilibrar a situação. Um banco que está com saldo positivo, pode emprestar o valor para que outro banco consiga finalizar o dia com o saldo positivo.

Esse empréstimo entre bancos possui uma taxa média do CDI, chamada de Taxa DI, que representa uma média das operações entre bancos e também segue a taxa de juros básicos da economia estabelecida pelo Banco Central. Essa taxa média do CDI é utilizada como referência para alguns tipos de investimentos. Um exemplo de investimentos que seguem a rentabilidade do CDI é o CDB. Desse modo, o CDI funciona como um índice da economia que leva em conta a operação financeira entre bancos.

Qual a diferença entre CDB e CDI?

Agora que já apresentamos os conceitos de cada um, podemos estabelecer uma relação entre o CDB e CDI e ainda ressaltar a diferença de um para o outro. De maneira simples, podemos dizer que o CDB é onde você vai investir o seu dinheiro e o CDI é o índice de referência para saber o quanto o seu investimento vai render. Um é o produto e o outro é o índice, ficou melhor para entender?

O que significa rendimento de 100% do CDI?

No caso dos investimento pós-fixados, é fundamental observar a porcentagem do CDI, pois quanto maior a porcentagem do CDI, mais rentável será o seu investimento. Além da taxa do CDI, deve ser levado em conta a questão da liquidez, a disponibilidade para retirada do dinheiro, e o Imposto de Renda. Bom, a taxa do CDI não é fixa, ela varia diariamente, então é preciso acompanhar essas mudanças. No site do Banco Central tem uma calculadora e no B3 tem um histórico desses dados.

Investimentos que rendem no mínimo 100% do CDB podem ser considerados uma opção atrativa, uma vez que renda mais do que a poupança. É, inclusive, bastante fácil encontrar investimentos de renda fixa com liquidez diária que pagam 100% do CDI, mas você também pode encontrar outros tipos que rendem até mais.

Considerações finais

O Novo Post trouxe para você as principais informações sobre CDB e CDI, um apanhado geral e simplificado para te ajudar na sua jornada em busca da educação financeira. O CDB é um investimento de renda fixa considerado de baixo risco e seguro, por oferecer uma previsibilidade do rendimento e também por ter a possibilidade de retirar o dinheiro de maneira imediata, com a liquidez diária. Já o CDI, é a taxa utilizada muitas vezes como referência para investimentos, inclusive no CDB.

Recomendados para você

Diversificar Carteira de Investimentos

Carteira de Investimentos: O Que Saber Antes de Diversificar

A diversificação é a pedra angular de qualquer estratégia de investimento sólida, essencial para maximizar os retornos da sua carteira de investimentos e reduzir os riscos inerentes ao mercado financeiro. Ao distribuir investimentos em uma variedade de classes de ativos, setores e regiões geográficas, os investidores podem construir carteiras resilientes,

Rendimento Automático

Quer Guardar Dinheiro? Conheça 12 Bancos Digitais com Rendimento Automático

Nos dias de hoje, a busca por maneiras eficientes de economizar e investir dinheiro tornou-se uma prioridade para muitos indivíduos. Com a ascensão da tecnologia financeira, ou fintechs, os bancos digitais emergiram como uma alternativa popular aos bancos tradicionais: o rendimento automático sobre os saldos das contas correntes ou poupanças.

Parcelamento de Compra à Vista

Saiba Como Funciona o Parcelamento de Compra à Vista no Cartão de Crédito

No mundo contemporâneo, o parcelamento de compras à vista tornou-se uma prática comum e conveniente para muitos consumidores em diversas partes do globo. A possibilidade de adquirir bens e serviços dividindo o pagamento em parcelas menores oferece uma flexibilidade financeira que se ajusta às necessidades e realidades econômicas dos indivíduos.